Top 3 – filmes de brit fut

Fato 1: o espinafrando adora filmes britânicos.

Fato 2: o espinafrando adora futebol.

Junte as duas paixões e temos o top 3 filmes ingleses com o futebol como pano de fundo.

3.Febre de Bola

Esqueça a aberração de 2005 com Jimmy Fallon e Drew Barrymore ambientada no mundo do beisebol. Estamos falando da adaptação original do 1º livro do Nick Hornby, Fever Pitch, de 1997.

Fever Pitch / Febre de Bola
Fever Pitch (o filme) / Febre de Bola (o livro)

Dificílima de achar por estas bandas, assistimos uma vez só, totalmente por acaso, numa das reprises do então Cinemax, pelos idos de 2000.

Dirigido pelo desconhecido David Evans, protagonizado pelo ótimo Colin Firth e com roteiro do próprio Hornby, é razoavelmente fiel ao livro autobiográfico –embora carregue mais na comédia romântica do que na obsessão futebolística.

Conta a história da vida do autor através de sua paixão pelo Arsenal, time londrino que já viveu momentos (bem) piores que a péssima fase atual.

Nick Hornby e Colin Firth
Nick Hornby e Colin Firth: além da mudança de cabelo, no filme o personagem se chama Paul Ashworth

Tem uma ótima trilha, que inclui gente do calibre de The Who, The Pretenders, The Pogues e The Smiths (haja “The”). E o destaque são as cenas de arquivo dos jogos, incluindo o clímax improvável e real.

Curiosidade: Hornby faz uma ponta à la Stan Lee, como treinador do time rival de garotos.

2.Maldito Futebol Clube

Com o péssimo desempenho dos times do coração do espinafrando no fim de semana (a saber: Corinthians e Arsenal), nada mais apropriado que o título brazuca desse ótimo filme britânico.

Já tínhamos visto em DVD quando lançado por estas terras e aproveitamos uma reprise no Max para matar as saudades.

Maldito Futebol Clube
Maldito Futebol Clube

É a fantástica história de um dos melhores e mais arrogantes técnicos que a Inglaterra já teve, sem jamais assumir o English Team: Brian Clough.

Daquelas figuras que brilham intensamente num período para depois se consumir e apagar. Embora Clough tenha conseguido alcançar o auge duas vezes, no fim da década de 60 e no fim da década de 70.

Na primeira, levou o Derby County, timeco da 2ª divisão, ao título da elite do campeonato inglês após o acesso.

Na segunda, levou o Notingham Forest, timeco da 2ª divisão e grande rival do Derby, ao título da primeirona e, não satisfeito, ao bicampeonato seguido da Copa dos Campeões da Europa.

O filme foca a passagem pelo Derby para destrinchar sua maior obsessão e seu maior fracasso: os 44 dias em que foi técnico do Leeds United –daí o título original ‘The Damned United‘–, potência da época que lembra o outro United de hoje, o Manchester.

Óbvio que emociona mais quem é fã do esporte bretão, mas o filme funciona (e bem, diga-se) para quem não é fanático. A esposa do espinafrando é prova viva e inconteste.

Além de uma história curiosa e muito bem conduzida, tem a força do ótimo ator galês Michael Sheen (que não tem nada a ver com Martin, Charlie e Emilio Esteves — é o britânico que brilhou interpretando David Frost, no também ótimo ‘Frost / Nixon‘).

Sheen versus Clough
Sheen versus Clough

Veredicto? Assista sem dó.

1.À Procura de Eric

À Procura de Eric
À Procura de Eric
Cantona em momento de fúria
Cantona em momento de fúria

É o que menos fala de futebol, mas é o melhor filme dos 3. Conta a história do carteiro fracassado Eric, que recebe “treinamento para a vida” de um imaginário Eric Cantona (vivido nas telas pelo próprio), seu ídolo e famoso jogador que fez história com jogadas lindas e confusões magistrais no Manchester United.

É um filme cheio de filosofia e metalinguagem, que faz rir e chorar. Um gol de placa do diretor Ken Loach.

 

Vamos optar por não contar nada do enredo, confiando que nossos 3 leitores confiarão no bom gosto do espinafrando (ah, a soberba será nossa ruína…) e irão atrás dessa bela película.

Mas vale registrar que o roteiro e as atuações são ótimos, as cenas de arquivo dos jogos são espetaculares, o desfecho no ônibus é empolgante e o filme traz uma das melhores frases de todos os tempos: “I am not a man. I am Cantona!”

Momentos de Sabedoria, com Cantona
Momentos de Sabedoria, com Cantona

É sério: vá atrás desse filme como iria atrás de um ingresso para a finalíssima do seu time do coração.

6 comments

    • Acredite, já foi pior. Mas pelo menos foi uma chance de falar de 3 filmes ótimos! Vá atrás do Damned United, tem até nas lojas Americanas😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s