espinafrando a estreia: Terra Nova

Terra Nova é a nova série de TV com o nome Steven Spielberg nos créditos. Assim como em Falling Skies, outra série que estreou esse ano, Spilelberg é chamado de produtor executivo. E assim como Falling Skies, Terra Nova é uma tremenda perda de tempo.

Terra Nova

Difícil distinguir qual é a influência de um produtor numa obra filmada. Às vezes, é uma espécie de diretor anônimo — reza a lenda que Tobe Hooper foi apenas uma marionete na direção de Poltergeist, porque o produtor Spielberg não queria ficar associado a um filme de terror às vésperas do E.T., embora tenha puxado todas as cordas e mais algumas. É fato que ele esteve bastante envolvido com o filme, principalmente na montagem e pós-produção, mas o espinafrando não acredita que Hooper, o criador d’O Massacre da Serra Elétrica, tenha sido um zero à esquerda na direção. Por vezes, o produtor é a figura responsável por viabilizar a obra: seja através de grana, seja através de influência. E tem os casos em que o produtor parece apenas um nome nos créditos, sem função distinguível (um lance de amizade, talvez?).

Terra Nova com lua cheia

Aqui em Terra Nova, o bom e velho SS parece se encaixar no último caso. Ou assim gostaríamos de acreditar, pois se ele participou ativamente, perdeu completamente a mão. E se entrou com grana, deve tomar um preju violento.

A parte Malhação / Crepúsculo de Terra Nova

 

O pior é que o conceito era deveras promissor: na alvorada do século XXII, a humanidade conseguiu ferrar de vez com o planeta Terra, a ponto de caminhar a passos largos para a extinção (se você acha que São Paulo é poluída hoje, vai ficar impressionado com a Terra cor de burro-quando-foge que abre o piloto). Todavia, resta uma esperança. Cientistas conseguiram abrir uma fratura no continuum temporal, possibilitando que os homens e mulheres do amanhã voltem 85 milhões de anos para recolonizar o mundo, agora com consciência ecológica e com a missão de evitar o desastre ambiental e salvar o futuro.

Terra Nova

Esse episódio piloto (o mais caro da história, superando em muito a megalomania de J.J. Abrams em Lost) começa no futuro, onde acompanhamos os motivos que levam a família protagonista a embarcar na migração temporal. Dura 16 minutos e 23 segundos do total de 1 hora e 26 minutos sem intervalos. E é a única parte que se salva um pouquinho (discutível), com uma pegada mezzo Blade Runner, mezzo O Vingador do Futuro.

O futuro em Terra Nova

A partir do momento em que a ação vai para o passado e a série tenta virar um mix de Jurassic Park e Lost (com uma pitadinha de Minority Report), é ladeira abaixo. Aliás, dá vergonha a tentativa de recriar a pegada de Lost: imitar a dinâmica de acampamento, a ameaça d’Os Outros –aqui chamados de Sixers– e até a forma como a logomarca do programa entra com um baque surdo definitivamente não ajudam. Principalmente quando o resultado final acaba parecendo mais com o que aconteceria se Crepúsculo fosse com dinossauros ao invés de vampiros purpurinados.

Dinossauros em Terra Nova

O problema maior nem são os dinos (parecem videogame — dos ruins), a trilha sonora (cafona), a direção de arte (esquizofrênica), os diálogos (sofríveis), o roteiro (capenga) ou a trama (com mais furos que a cara do Andres Sanches). É a soma de tudo isso com uma das piores escalações de elenco desde o advento de Malhação. É coisa séria! Se Spielberg fez qualquer coisa aqui além de emprestar o nome para os créditos, é seguro afirmar que ele virou o Michael Bay. É tudo tão artificial (incluindo os personagens e suas “reações”) quanto um Q-suco genérico.

Andres Sanches e Q-Suco

Poderíamos continuar malhando Terra Nova por horas a fio, dissecando cada cena com argumentos embasados pra mostrar o quanto é tudo simplesmente errado. Mas, sinceramente, o espinafrando já gastou tempo demais com essa joça, tão ruim que deixa insatisfeito até o mais ferrenho masoquista. Se você quiser arriscar, pode esperar a estreia na Fox em 10/10 aqui no Brasil, ou baixar o piloto de graça no iTunes.

Os outros (Sixers)

9 comments

  1. Eu achei essa série tão bosta que dormi na metade.
    Essa mistureba de Lost com Jurassic Park resultou em droga nenhuma.
    Um dramalhão forçado que não cola de jeito nenhum e atores de quinta categoria.
    Parei por aqui, não verei mais esse troço.
    Falling Skies tb foi outra meleca, só ficou mais ou menos menos ruim lá por volta do nono capitulo mas mesmo assim nada que pudesse salvar a série.
    Enfim o jeito é esperar por The Walking Dead pra voltar a assistir uma série decente novamente.

    • É, Terra Nova é um engodo mesmo. Mas além de Walking Dead, que é boa, fique ligada nas séries da HBO: Boardwalk Empire, Game of Thrones e Prófugos são os melhores dramas em cartaz. E Curb Your Enthusiasm, a melhor comédia. #dicaduca

      • Já me falaram super bem sobre Boardwalk Empire mas eu não sei porque nunca consegui assistir essa série.
        Vou buscar na net a primeira temporada pra ver e a partir daí acompanhar.
        Game of Thrones eu vou começar a ler os livros primeiro pq dizem que é duca depois vou atrás da série de tv.
        Eu nunca fui muito de assistir séries, sempre quando eu começava a assistir alguna eu largava pelo meio do caminho. É até vergonhoso dizer isso mas TWD foi a primeira série que assiti do começo ao fim na minha vida.
        Depois dela eu comecei a prestar mais atenção em séries de tv.

  2. Aff que revolta. Achei a série muito interessante sim pelo fato de tratar de um tema super atual, que é a condição auto-destrutiva para onde a humanidade caminha no planeta, relacionando com o mundo de Jurassic Park. E não tem nada haver com Lost, a ideia de Terra Nova é construir uma nova civilização, uma salvação para o futuro, não simplesmente voltar ao passado e ficar perdido no meio dos dinos. Acho que foram muito duros com relação aos efeitos, nenhuma primeira temporada possuiu tantos efeitos bons quanto Terra Nova, conforme for conquistando espaço e sendo renovada terá orçamento para efeitos ainda melhores né gente, isso acontece com todas as séries. Não tô dizendo que o que vale é a intenção boa, mas que para as atuais condições de entretenimento, Terra Nova surge com uma proposta que pode não ser totalmente diferente ao ser analisada nos mínimos detalhes (e diga qual é?) mas que no geral propõe um divertimento diferente do que estamos acostumados a ver. O tema dinossauros é algo fascinante, só por esse ponto já ganha o dia. E vocês falam ae de TWD (que por sinal eu adoro!) mas eles já começaram com uns flashbacks totalmente desnecessários na segunda temporada… duvido nada isso ir se arratando pela história… aí sim… aí diz que não parece Lost, diz. Mas enfim, cada qual com sua opinião, adorei TN e espero que continue ae por mais meia dúzia de temporadas, que eles possam voltar para o futuro tb, causar um desequilíbrio tenso no planeta, algo do tipo… as possibilidades e caminhos a serem explorados pela temática são diversoos e rendem boas tramas ; )

    • Bruno, tua opinião está aí. E a nossa se mantém apenas com o piloto e uns 30 segundos do 3º episódio.

      Comparamos Terra Nova com Lost na questão da dinâmica narrativa (acampamento, mistérios, Os Outros…). Se fosse uma simples cópia, talvez até se saísse melhor como produto final.

      A premissa de Terra Nova é realmente interessante, tanto é que falamos isso no texto: o desenvolvimento é que não agradou.

      Quanto sua defesa dos efeitos: são ruins, orçamento eles tiveram pra dar e vender (é o recorde pra um piloto da TV americana, mais de 10 milhões de dólares) e não tenho culpa que o resultado se pareça mais com a novela da Globo do que com Jurassic Park, uma pena. Só pra comparar, os efeitos do piloto de Lost e do piloto de PanAm dão um baile em muita coisa do cinema.

      Não temos nada contra os dinos como espécie, pelo contrário😉

      The Walking Dead: nossa opinião sobre a série de TV também oscilou, como você pode acompanhar aqui: https://espinafrando.com/tag/the-walking-dead/

      E por fim, sobre os possíveis desdobramentos de Terra Nova, o piloto mata qualquer chance ao explicar que o passado em que eles se encontram é uma linha temporal alternativa, sem influência no futuro de onde vieram. Até nisso os roteiristas conseguiram estragar uma boa oportunidade de narrativa. Enfim, Terra Nova é natimorta.

      Mas, ei, é só nossa opinião.😉

  3. Não vi e nem vou perder o meu tempo vendo Terra Nova! É por isso que sempre leio o Espinafrando!!!! Por que nos orienta com imparcialidade e conhecimento, além de nos ajudar a escolher as boas programações, filmes e diversas opções de leitura e entretenimento!!!! Aqui a verdade é falada, ou melhor, escrita – e nos alerta para não perdermos tempo com programas ruins! Parabéns ao Espinafrando!

    Abraços

  4. Nossa! Esse site simplesmente disse tudo! Sem contar que Terra Nova e Falling Skies parecem irmãos gêmeos..!

    Semelhanças: Personagem principal com 3 filhos, de mesma idade; casado com médica (de mesma etnia em ambos os seriados), filho mais velho rebelde comprometido, que larga uma pra ficar com outra mais bonita.

    Nossa.. Esse seriado é um LIXO!

    Os atores são PÉSSIMOS..!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s