Dica Duca – O Oceano no Fim do Caminho

…Livros eram mais confiáveis que pessoas, de qualquer forma…

É com uma produção consistente, uma voz única e histórias assombrosas que Neil Gaiman vai rapidamente conquistando seu espaço como um dos escritores favoritos deste blog.

Neil Gaiman

O Oceano no Fim do Caminho, seu último livro, segue a tradição do alemão Michael Ende e a primeira metade de sua História Sem Fim: o mundo de fantasia que invade a realidade de um garoto meio isolado, que encontra nos livros sua melhor companhia. Na verdade, isso soou terrivelmente injusto. Deixe-me refazer a frase: em seu último livro, Gaiman segue a tradição de fundir realidade e fantasia, já estabelecida em suas próprias obras literárias — Lugar Nenhum, Deuses Americanos, Stardust.

porque é bom

Gaiman atinge aquele equilíbrio mágico entre densidade narrativa e volume de texto, de forma que a história dura exatamente o que precisa durar, nem mais, nem menos. Em suma, o livro é fino, mas a história não é curta —na verdade, a reminiscência de um adulto que foge de um velório e se perde em memórias de infância parece durar uma era inteira (para os cinéfilos, algo como Cinema Paradiso encontra Hayao Miyazaki, com sotaque britânico). Pelo menos, é essa a sensação ao virar a última página e chegar nos agradecimentos.

Claro que, pra conseguir a façanha, Gaiman se vale de sua maior qualidade: a escrita fluida e descomplicada que emociona e impulsiona para o próximo parágrafo, e para o próximo, para o próximo… É preciso lutar para fechar o livro antes de seu fim, então, fica o alerta: dê preferência para começar a leitura num fim de semana, ou prepare-se para perder a hora pro trabalho.

porque é duca

Por trás de camadas e mais camadas de metáforas, O Oceano no Fim do Caminho (que belo título, não?) trata com sensibilidade das agruras do amadurecimento sem parecer chato ou pomposo. Estão lá a perda da inocência, o fim da infância, a dificuldade em lidar com a autoridade adulta e com o medo paralisante vindo da mais pura sensação de horror. Assim como a curiosidade e o estado de assombro perpétuo, a segurança trazida pelas certezas inquestionáveis do olhar infantil, a coragem que sobrepuja o medo.

O leitor de qualquer idade pode submergir no texto e gastar horas numa realidade ao mesmo tempo cheia de magia (embora essa não seja a melhor palavra para descrevê-la) e familiar, pois lida tanto com a imaginação —o dom com que todos nós somos agraciados em abundância quando crianças e que insistimos tolamente em renegar quando escolhemos enfrentar o cotidiano da vida adulta— quanto com a memória afetiva, que pode nos encher de ternura ou trazer incômodo, a depender da índole e do estado de espírito.

Gaiman transforma uma jornada extremamente pessoal em algo com apelo universal. Afinal, O Oceano[…] nasceu como um conto, uma história para sua esposa Amanda Palmer (a cantora e compositora indie americana —no clipe abaixo, o casal comete uma versão muito particular de Makin' Whoopee), que estava longe gravando um álbum.

Foi escrito porque ele “tinha saudade”, como conta neste trecho de uma entrevista ao The Telegraph, que tomo a liberdade de traduzir:

“Ela não gosta muito de Fantasia, mas gosta muito de honestidade, e gosta muito de mim. Escrever [a história] foi como: veja, eu fui assim. Você está sempre interessada em mim. A família não é realmente a minha, as coisas que aconteceram não foram realmente comigo, mas o cenário, o lugar em que acontece, é meu, e o olhar dessa criança é o olhar do meu-eu-com-sete-anos-de-idade.”

O objetivo de Neil Gaiman era revelar um pouco de sua essência para a mulher que ama. E, como toda boa história, ganhou vida própria e cresceu até virar o romance.

Some a isso uma verdadeira ode ao poder dos livros e da leitura, e você terá em mãos algo que certamente pode mudar a sua vida. Nem que seja apenas um pouquinho. Acho que não pode haver melhor elogio do que esse.

O Oceano no Fim do Caminho, de Neil Gaiman

Você pode encontrar O Oceano no Fim do Caminho em sua versão física nas melhores livrarias ou o e-book nesses links:

Amazon

iBooks Store

Google Play

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s