Dica Duca – Operação Invasão (The Raid: Redemption)

…”POW, SOC, TUM”…

Às vezes, tudo o que você precisa é deixar de pensar e apenas sentir a adrenalina correndo nas veias. Às vezes, tudo o que você precisa é de um filme de ação.

Quem diria que um galês chamado Gareth Evans faria um filme indonésio com atores desconhecidos no ocidente e conseguiria cometer um dos melhores filmes do gênero de ação e artes marciais?

Este é Operação Invasão, ou The Raid: Redemption no original.

porque é bom

Um prédio habitado e dominado por criminosos, traficantes, capangas sádicos e toda sorte de escória. Uma equipe da tropa de elite da polícia planeja invadir o lugar. O roteiro parte dessa premissa, e não é preciso muito mais do que isso para esse tipo de filme.

Espere por algo bastante violento num espaço fechado, soluções mirabolantes e reviravoltas previsíveis. O que importa aqui não são as obviedades da história ou a ausência de profundidade, mas a plasticidade e a emoção em estado bruto. E isso, Operação Invasão tem de sobra.

Esse pôster animal é do sempre incrível Jock!

porque é duca

Há tempos, o cinema asiático que aterriza deste lado do meridiano de Greenwich se mostra consistente e até mais inventivo do que o que tem a grife Hollywood estampada nos cartazes (mesmo que tenha sido rodado e produzido cada vez mais longe de Los Angeles, como na Nova Zelândia, por exemplo). É fácil elencar uma lista extensa, mesmo ficando apenas nos mais famosos:

  • o suspense de ação Old Boy do coreano Park Chan-Wook (cujo remake americano por Spike Lee recentemente naufragou nas bilheterias do lado de lá do Equador);
  • a ficção de monstros O Hospedeiro do também coreano Bong Joon-Ho;
  • o policial chinês Infernal Affairs (que ganhou um bom remake pelas mãos de Martin Scorcese);
  • as franquias japonesas de horror com espíritos Ringu e Ju-on (que também foram refilmadas nos EUA como O Chamado e O Grito);
  • a ficção científica saudosista de Patrulha Estelar;
  • e até a poesia visual de Hayao Miyazaki (tão criativa e encantadora que transcende a animação e merece virar categoria própria).

O indonésio The Raid: Redemption vem se juntar a esse rol crescente. E com méritos, apostando na movimentação corporal e nas coreografias de luta impossíveis, mas esteticamente realistas. Ao invés dos voos de O Tigre e o Dragão, pense na primeira vez que viu um filme de Bruce Lee ou como ficou impressionado com Jet Li em Máquina Mortífera 4: é a mesma sensação de assombro que você vai ter ao ver o baixinho Iko Uwais lutando.

Aproveite para comprar o filme em HD no iTunes enquanto está em promoção (US$4,99).

Cover Art

Operação Invasão

Gareth Huw Evans

Ação e aventura

Lançamento: 2012

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s